Garantir a sua segurança e a do seu caminhão na estrada provavelmente é uma das suas principais preocupações, mas como escolher o serviço ideal para isso? Uma das melhores maneiras é conhecer a experiência de quem já passou pelo mesmo que você!

Neste artigo você vai conhecer a história do caminhoneiro Dirlei Gomes, que escolheu a Proteauto para garantir a segurança dele quando mais precisou. Depois de um depoimento em vídeo, agora ele conta em mais detalhes por que escolheu participar de uma associação de proteção veicular. Confira!

Conheça o Dirlei, caminhoneiro como você

Dirlei Gomes é caminhoneiro desde os 18 anos. Hoje, com 39 anos, ele não pensa em abandonar a profissão tão cedo, porque continua a amar o que faz.

O gosto de Dirlei pelas estradas vem de berço: “O asfalto está no meu sangue”, ele conta. “Meu pai é caminhoneiro, sempre acompanhei ele nas viagens”. Dirlei não foi o único filho a se encantar pela rotina de viagens, o irmão também foi fisgado pela estrada e é caminhoneiro.

Assim que completou idade o suficiente, Dirlei conseguiu a habilitação de motorista da Categoria C, e aos 21 anos já trabalhava sozinho. Ele se lembra até hoje do primeiro caminhão que comprou, em 2000: um Mercedes 1113.

Ele sempre preferiu percorrer os caminhos de Minas Gerais e São Paulo, mas já passou por outros estados do país no caminhão, como a Bahia. Em 2005, começou a transportar minério, e seguiu assim até 2010, quando, ele explica: “Desanimei um pouco do caminhão”.

Esse afastamento da estrada não durou muito. Em 2012 ele retornou ao volante — com novo caminhão (um Scania 112 H E), uma nova ocupação (carrega diversos bens de consumo) e um novo modo de proteger o veículo e ele próprio (a Proteauto).

Saiba o que aconteceu quando ele mais precisou de apoio

Dirlei acredita que caminhoneiro bom é caminhoneiro que ama o que faz, e pensa que aqueles que realmente gostam da estrada costumam ser mais conscientes e cautelosos. No entanto, isso não impede que imprevistos aconteçam.

Nos primeiros dias de 2017, o que todo caminhoneiro teme aconteceu a Dirlei: em 2 de janeiro, a caminho de São Paulo, ele seguia pela estrada quando foi ultrapassado pela direita por um carro de passeio. Para evitar um acidente maior, desviou o mais rápido que pôde, mas o caminhão acabou tombando na estrada.

Ele não teve ferimentos graves, somente hematomas — e o incomparável susto de passar por uma situação dessas! “Assim que eu tive o problema, já entrei em contato com a Proteauto”, ele lembra. “Já acionaram o guincho, que foi para a autopista e tirou o caminhão de lá. O guincho levou o caminhão até um posto e a Proteauto mandou outro guincho, de Sete Lagoas, que foi buscar o caminhão para a oficina”.

Tudo isso, segundo ele, de forma muito menos burocrática do que estava acostumado nas experiências que já havia tido com seguradoras tradicionais. “A diferença nessa questão burocrática é que a Proteauto é mais rápida. Na associação, tem chance de ser tudo mais rápido e mais fácil”.

O caminhão passou pelos devidos ajustes na oficina, mas a Proteauto foi além, acredita Dirlei: “Outra coisa que gosto na associação é que, quando você precisa, ela não ajuda só em acidentes. Fiquei um tempo parado, com o caminhão parado, e me ajudaram na forma de pagamento. Fizeram uma boa forma de pagar”.

Felizmente, esse foi o único incidente mais sério em que Dirlei precisou da ajuda da Proteauto, mas ele já contou com o auxílio da associação outras vezes, especialmente para guinchos, no caso de problemas de funcionamento do caminhão na estrada. Nesse ponto ele também elogia o compromisso da associação, e diz que é tudo feito “na hora”.

Entenda por que Dirlei escolheu a Proteauto

A Proteauto é muito diferente de uma seguradora tradicional, porque se baseia na economia colaborativa. Esse modo de consumir serviços tem ganhado cada vez mais força porque reduz os gastos e o consumismo e dá mais poder ao consumidor.

Em primeiro lugar, você não é submetido à extensa avaliação de perfil que as seguradoras tradicionais conduzem. A associação de proteção veicular não leva em consideração quanto tempo de carteira você tem, onde você vive ou como é a sua família. Ela checa somente fatores práticos: o valor e o local de registro do seu caminhão, quantas pessoas estão associadas atualmente e a ocorrência mensal de incidentes com esses caminhoneiros.

Além disso, não há os excessos de burocracia que são tão comuns em seguradoras tradicionais. Como o próprio Dirlei diz, “você conversa diretamente com a pessoa responsável” pelo que quer que você precise. O contato entre o caminhoneiro e o serviço é muito mais direto, e pode ser realizado até a partir de um aplicativo próprio da empresa para celular.

Dirlei conheceu a Proteauto por indicação do cunhado, que também é caminhoneiro e já era associado do serviço. Essa relação de indicação e proximidade entre caminhoneiros não é um caso pontual! A Proteauto surgiu justamente das associações de motoristas que procuravam reduzir custos com combustível e pneus e se juntavam para economizar, adquirindo produtos em conjunto.

Um serviço essencial como a proteção do veículo e do caminhoneiro naturalmente também se tornou foco dessa abordagem ao longo do tempo, e foi dessa vontade de reduzir gastos e se apoiar mutuamente que surgiu a Proteauto.

Os associados não pagam pelo risco como acontece no caso das seguradoras, em que o pagamento é anual. Na Proteauto o pagamento é mensal e tem base em 3 fatores: o modelo do seu caminhão, a quantidade de associados e os incidentes ocorridos.

A taxa varia segundo as ocorrências do mês, e se torna cada vez mais diluída entre os associados à medida que outras pessoas se associam, já que os gastos são divididos. E mais: o associado que indica alguém para o serviço recebe um bônus!

O Dirlei, que é associado, usufrui de uma série de serviços, como:

Se depender dele, muito mais caminhoneiros vão desfrutar dessas vantagens. “Quando alguém vem me perguntar qual é a minha seguradora, já passo o telefone!”, ele conta.

Você também quer experimentar um modo mais eficiente e acessível de se proteger? Conheça melhor a Proteauto! Entre em contato conosco e vamos entender juntos quais são as suas necessidades e como podemos ajudá-lo!