Para quem ama as estradas e consegue nelas o sustento da família, viajar durante a noite é, muitas vezes, uma realidade. Ainda que o caminhoneiro seja prevenido e prefira programar suas rotas durante o dia, em algum momento pode ser necessário continuar dirigindo depois de escurecer.

Dirigir à noite tem suas vantagens — como o trânsito mais fluido — mas também guarda muitos desafios. A falta de estrutura nas estradas brasileiras e a diminuição da visibilidade são detalhes que demandam mais cuidado do motorista nesses horários.

Se você quer viajar de forma mais tranquila, aproveite nossas dicas de segurança para quem roda durante a noite!

1. Fique atento à estrada e aos veículos

Sabemos que essa é uma dica que você sempre segue, independentemente do horário em que pega a estrada. Mas, quando é preciso dirigir à noite, precaução nunca é demais! É bom que você fique ainda mais alerta.

Nossa visão enfrenta muitas limitações com a falta de iluminação natural. Ao fazer uma rota noturna, seu campo de visão pode cair de 250 metros para apenas 40! Uma grande diferença, não é mesmo?

É possível que você não perceba alguns perigos da estrada, ou que só enxergue quando eles estiverem muito próximos. Por isso, reconheça sua dificuldade para enxergar detalhes e redobre a concentração ao dirigir à noite.

2. Tenha cuidados com a iluminação

Você sabe que muitas estradas são mal iluminadas, dificultando o trabalho de caminhoneiros durante a noite. Quem dirige nesse horário precisa cuidar sempre dos faróis do caminhão — eles são os olhos do veículo.

Se a iluminação do caminhão não estiver em boas condições, é impossível dirigir sem a luz do sol. O farol garante sua visibilidade à noite e mostra os caminhos, prevenindo acidentes e colisões.

Cheque sempre o estado das luzes antes de pegar a estrada. Além disso, lembre-se de que, em algumas rodovias, será preciso acionar o farol alto, mas, ao passar por outros motoristas, você deve ter o cuidado de diminuir. Caso algum veículo passe por você com a luz alta, desvie o olhar para evitar encandeamento.

3. Fique de olho nos sinais de cansaço do corpo

Sempre é bom lembrar que você não é uma máquina! Por mais que as grandes distâncias ou os prazos apertados muitas vezes obriguem o caminhoneiro a dirigir à noite, o seu corpo não pode ser desrespeitado. É melhor atrasar a viagem do que correr riscos por insistir em dirigir cansado. Lembre-se que sua família espera que você volte em segurança para casa.

Considerando nosso relógio biológico, passar a noite acordado não é tão simples. Ao fazer isso, você inverte os horários do seu corpo e ele gasta mais energia tentando se adaptar à mudança. O organismo já está acostumado a usar a noite para se recuperar, por isso, os sinais de cansaço nesse horário podem ser inevitáveis.

Alimente-se bem, beba bastante água e tenha momentos de relaxamento durante o dia. Não use estimulantes, eles são muito perigosos para a saúde. E se sentir sonolência, pare o caminhão em um local seguro e descanse.

4. Pratique direção defensiva

Dirigir com prudência é adotar uma série de medidas que evitam infrações e previnem acidentes. Se você já faz isso durante o dia, ótimo! À noite, essas habilidades são mais necessárias ainda!

Na direção defensiva, a cautela é muito importante. Lembre-se de que durante a noite os riscos de cruzar com motoristas negligentes, cansados ou que estejam sob efeito de álcool ou drogas é maior.

Com a visibilidade reduzida, manter uma distância maior em relação ao carro da frente é a melhor opção. Além disso, dê passagem para veículos que estejam muito próximos da sua traseira — isso te dá mais segurança caso precise frear bruscamente. Outra dica essencial é respeitar a velocidade da via.

5. Tenha cuidado com pessoas que pedem caronas

Há algum tempo, a prática de pegar carona em caminhões era bem comum. Infelizmente, essa não é uma atitude segura para o motorista. É impossível garantir quais são as reais intenções das pessoas. Assim, o melhor a fazer é evitar andar com desconhecidos no veículo.

Sabemos que a onda de violência no Brasil tem aumentado cada vez mais. E muitos criminosos escolhem as estradas para cometer seus atos. Um caminhoneiro que aceita dar carona para alguém pode estar correndo o risco de se tornar cúmplice de um crime, ser acusado de apoiar prostituição ou acabar sofrendo um assalto.

Portanto, ao receber sinais na estrada, evite parar o veículo e não aceite dar caronas. A recomendação da Polícia Rodoviária Federal é que, se você perceber que alguém precisa de ajuda, ligue para o telefone 191 e informe os policiais. Eles atenderão à ocorrência e você ficará longe de qualquer perigo.

6. Mantenha a manutenção do veículo em dia

Nenhum caminhoneiro quer passar perrengue com pane mecânica ao dirigir à noite, não é? Para minimizar esse risco, a manutenção preventiva do seu veículo precisa estar garantida. Realize sempre as revisões e resolva qualquer problema rapidamente. Às vezes, problemas simples que não são resolvidos acabam por causar grandes dores de cabeça depois.

Tenha atenção especial com os itens de segurança do caminhão (luzes, buzina, limpador de para-brisa, espelhos retrovisores, cinto de segurança e kit de emergência). Além disso, calibre corretamente os pneus e verifique o estepe e os níveis de água e combustível.

7. Contrate uma proteção veicular

Um homem prevenido vale por dois! Mesmo tomando todos os cuidados que comentamos até aqui, ninguém está livre de precisar parar na estrada devido a algum contratempo. Você sabe o que fazer caso aconteça uma falha mecânica?

Poder acionar uma equipe de assistência é de grande ajuda! Ao contratar o serviço de proteção veicular, você tem auxílio 24h para seu caminhão e está coberto caso se envolva em um acidente ou tenha sua carga roubada. É mais segurança para quem roda durante a noite!

Com essas sete dicas, você pode viver sua paixão pelas estradas e garantir seu ganha-pão de forma mais segura. Esses cuidados simples fazem toda a diferença na rotina do caminhoneiro que precisa dirigir à noite!

E aí, o que achou do texto? Deixe seu comentário abaixo!