Apesar dos prazeres da profissão, o dia a dia do caminhoneiro não é fácil. São longas e desgastantes horas em estradas e rodovias nem sempre bem conservadas, preocupação com o estado do caminhão, riscos de acidentes e roubos — além de tudo, é preciso lidar com a saudade da família.

No entanto, certas atitudes saudáveis, cuidados com o veículo e planejamento podem tornar as viagens menos estressantes. Por um lado, são ações que ajudam a melhorar a qualidade de vida na estrada e, por outro, também contribuem para a segurança no trânsito.

Por isso preparamos este guia, com diversas dicas com tudo o que o caminhoneiro precisa saber para ter um dia a dia mais tranquilo e sadio. Siga sua leitura e confira!

Acordar cedo: cuidado com o sono

Cerca de 20% dos acidentes de trânsito são causados por motoristas sonolentos, e os caminhoneiros estão entre as categorias que mais sofrem com o sono ao volante. Viagens à noite, prazos apertados e longos trechos sem paradas tornam maior o risco de dormir enquanto dirigem.

Mas alguns cuidados podem ser tomados para que o sono não se torne um problema na hora de dirigir seu “bruto”. Veja abaixo algumas dicas que separamos para espantar o cansaço:

Durma bem

É essencial ter boas noites de sono, inclusive durante as viagens. Faça sua parada em um local seguro para o descanso, se possível, no mesmo horário todos os dias, dormindo o suficiente para se revigorar. Em média, as pessoas precisam de 8 horas de sono.

Não troque a noite pelo dia

A diminuição da luz ambiente, dos sons e do movimento nas estradas e a temperatura mais amena contribuem para ficarmos menos alertas e aumentar o sono.

Portanto, é mais indicado que o caminhoneiro durma durante o período noturno. Se não for possível, o horário de sono deve ser sagrado e mantido em sua rotina diária.

Não use drogas

Além de serem prejudiciais à saúde, as drogas não resolvem o problema e podem agravá-lo, pois apenas mascaram, por um tempo curto, a sensação de sono. Ao passar o efeito, o cansaço aparece acumulado.

O álcool também não deve ser consumido nunca durante uma viagem, pois aumenta os sintomas do sono e é infração de trânsito gravíssima, punida com multa e perda da habilitação.

Faça paradas periódicas

Deve-se aproveitar as paradas para movimentar as pernas e o tronco, alongar-se, fazer refeições leves e hidratar-se. Essas atitudes ajudam a deixar o corpo e a mente mais despertos.

Em último caso, mantenha-se alerta

Se o sono aparecer mesmo assim, há algumas atitudes que podem deixá-lo alerta por um pequeno período:

  • mascar chicletes;

  • abrir o vidro para entrar o ar frio;

  • manter o rádio ligado;

  • lavar o rosto;

  • fazer alongamentos;

  • tomar um café.

Mas lembre-se: esses artifícios devem ser usados somente em último caso e até que seja possível fazer uma parada segura.

Afinal, sabemos que as estradas e rodovias brasileiras nem sempre são locais nos quais se pode dirigir com tranquilidade. E por isso é importante estar com o caminhão em dia, para evitar problemas.

No próximo tópico, daremos dicas de manutenção para o seu caminhão rodar com segurança pelas estradas. Não deixe de ler!

Segurança e manutenção

Fazer a manutenção do caminhão evita multas por mau funcionamento de componentes de segurança e acidentes causados por problemas na estrada. Além disso, uma parada inesperada pode facilitar a ação de criminosos.

Mas não é só: segundo o IQA (Instituto de Qualidade Automotiva), prevenir problemas no veículo é de 30% a 40% mais barato do que fazer os reparos que se tornem necessários.

Por isso, separamos abaixo algumas dicas de como fazer a manutenção preventiva de seu caminhão. Confira:

Trocar os filtros e o óleo do motor

Os filtros de ar e de combustível devem ser trocados conforme as recomendações do fabricante do caminhão ou antecipadamente, em caso de uso de combustível adulterado e ao operar em zonas muito poluídas ou estradas de terra.

Já o óleo do motor deve ser trocado na quilometragem recomendada pela montadora ou pelo fabricante do óleo, o que vier primeiro. Além disso, deve ser substituído quando forem constatados borras ou detritos metálicos pela vareta, sempre trocando o filtro de óleo junto.

Ter atenção aos pneus

Os pneus, incluindo os estepes, devem estar sempre calibrados. Também é importante fazer, antes e depois de cada viagem, uma checagem completa, atentando-se para a profundidade dos sulcos e às marcações de segurança, para que não fiquem “carecas”.

Ainda, deve-se conferir se não há desgaste acentuado, rachaduras na borracha ou bolhas em sua estrutura, pois eles facilitam furos e rasgos durante as viagens.

Checar todas as luzes, faróis e itens de segurança

Teste todas as lâmpadas de iluminação e sinalização antes de uma viagem. Geralmente, luzes apagadas são causadas por queima de lâmpadas, sendo necessária somente sua substituição.

Confira se o kit de ferramentas está em bom estado, assim como o triângulo, o extintor de incêndio e o macaco. Também é importante ver a condição das palhetas do limpador do para-brisa e o nível da água do reservatório de limpeza.

Fazer a revisão dos freios, suspensão e rolamentos

Freios, suspensão e rolamentos das rodas devem ser revisados a cada 5 mil ou 10 mil quilômetros, dependendo das condições de uso.

De qualquer forma, recomenda-se uma inspeção visual antes de cada viagem, observando as condições da suspensão (se as molas estão presas, se não há ferrugem nos cilindros ou ressecamento nos componentes de borracha).

Testar o sistema elétrico

Muitos caminhoneiros utilizam aparelhos eletrônicos na cabine para torná-la mais confortável e auxiliar em suas viagens. Mas isso pode sobrecarregar o sistema elétrico.

Portanto, é recomendado levá-lo periodicamente (a cada 10 mil quilômetros rodados) a um autoelétrico especializado para fazer os testes de todos os componentes.

Analisar o escapamento e gases de exaustão

É preciso conferir se o sistema de exaustão está fazendo seu trabalho de filtragem e limpeza dos gases corretamente, levando o veículo para uma inspeção.

Além disso, a fumaça do escapamento pode indicar outros problemas, como a queima incompleta do combustível, queima de óleo do motor ou até a presença de água na combustão, que devem ser sanados o mais rápido possível.

Verificar a quinta roda

Recomenda-se fazer a limpeza e substituir a graxa da quinta roda a cada troca de implemento. É importante também inspecionar o conjunto antes das viagens, verificando se não há folgas, ferrugem ou danos nos componentes.

Seguir nossas dicas de manutenção e fazer revisões gerais periódicas no caminhão garantirá mais tranquilidade, com menos riscos de acidentes e imprevistos. Mas uma viagem tranquila não precisa necessariamente ser tediosa. Confira, abaixo, nossas dicas para evitar o tédio na estrada.

Evitando o tédio na estrada

Sozinho na cabine, é fácil o tédio aparecer e tornar a viagem mais cansativa. Além de ser muito chata, essa situação pode levar à sonolência e à desatenção, aumentando as possibilidades de um acidente.

Foi pensando nisso que separamos, abaixo, algumas técnicas que ajudam a evitar o tédio na estrada. Confira:

Evite dirigir à noite

À noite, a falta de iluminação torna a paisagem das rodovias mais monótona, com menos detalhes visíveis. Ao mesmo tempo, o movimento mais tranquilo, sem muitos carros, contribui para aumentar o tédio. Por isso, prefira viajar durante o dia e use a noite para descansar.

Faça paradas regulares

Parar de duas em duas horas por alguns minutos, para fazer uma refeição, ir ao banheiro, descansar ou mesmo ligar para a família, melhora a atenção ao dirigir e mantém o caminhoneiro mais alerta.

Tenha sempre um petisco à mão

Além de diminuir a sensação de fome, ter sempre um petisco à mão, como uma barrinha de cereal, um chocolate, uma fruta ou algum doce, faz com que o tempo passe mais rápido. Portanto, tenha sempre alguma coisa para “beliscar” em suas paradas.

Prepare uma lista de músicas

A música é uma das principais companheiras dos caminhoneiros. Como na estrada nem sempre as rádios podem ser sintonizadas, ter uma lista de músicas em um pendrive ou uma coleção de CDs de suas bandas preferidas vai ajudar a evitar o tédio com muita diversão.

Aproveite as pausas para fazer alongamentos

A sensação de tédio é, também, biológica. O corpo parado, sentado na cabine e fazendo os mesmos movimentos faz o cérebro trabalhar no “automático”. Assim, aproveite as paradas para fazer alongamentos dos braços, pernas, tronco e pescoço, para estimular a musculatura e a mente.

Como deu para perceber, evitar o tédio depende das paradas que o caminhoneiro faça durante sua viagem. Mas é importante que elas também não comprometam o prazo de entrega das mercadorias transportadas.

E, para isso, é preciso planejar a viagem com antecedência. O planejamento, aliás, traz uma série de benefícios ao caminhoneiro. Confira abaixo alguns deles!

Por que planejar uma viagem?

As estradas e rodovias brasileiras, em sua maioria, escondem diversos perigos para quem trafega por elas, especialmente para os caminhoneiros que as usam para levar e trazer mercadorias diariamente.

Os riscos vão desde roubos até deslizamentos, tombamentos e má conservação da pista, que pode causar colisões e quebras mecânicas.

Além do mais, ocorrências na pista e até trechos com muitas subidas podem atrasar uma entrega e fazer a viagem demorar mais do que o necessário.

Daí a importância do planejamento como estratégia para evitar esses problemas. Veja, abaixo, com mais detalhes, alguns dos motivos para planejar uma viagem:

Menor gasto de combustível

Ao planejar sua rota, é possível evitar trechos com histórico de trânsito carregado, locais com obras e mesmo trajetos com muitas subidas, situações que fazem com que o caminhão gaste mais combustível.

Manter o descanso em dia

Planejar a viagem inclui programar as paradas, identificando os locais seguros e que ofereçam os serviços necessários, tornando a viagem menos cansativa e aproveitando melhor as noites para dormir direito sem que isso atrase suas entregas.

Programar paradas e refeições

Deve-se ter em conta a necessidade de reabastecimentos, de paradas para o banheiro e para refeições, além do descanso e de exercícios para evitar dores musculares e desconforto.

Assim, as paradas podem ser programadas para ser rápidas, mas de qualidade, evitando postos de combustível de reputação ruim, alimentação inadequada e a pressa.

Maior rendimento do tempo

Às vezes, caminhos mais longos são opções mais rápidas por não apresentarem problemas como tráfego pesado e obras na pista.

Dessa forma, a viagem se torna mais rápida, e o caminhoneiro pode aproveitar melhor seu tempo para ficar com a família, descansar ou realizar novos fretes.

Conseguir fretes de retorno

Saber com antecedência o caminho que será percorrido e o tempo de viagem torna mais fácil conseguir fretes de retorno ou que completem os espaços. Isso leva a um aumento no faturamento e diminuição nos custos do caminhoneiro.

Esses são alguns dos benefícios do planejamento das viagens para os caminhoneiros. Mas você sabe como planejá-las? Falaremos um pouco mais sobre isso abaixo.

Como planejar sua viagem

Para fazer um bom planejamento, é preciso ter algumas informações importantes, como as restrições do cliente quanto a horários, trechos problemáticos, praças de pedágio, características da via e localização das paradas.

Essas informações são conseguidas com a experiência do caminhoneiro, em conversas com colegas e por meio da internet. Sites como o Google Maps e Maplink costumam ser bem completos.

Outra dica é utilizar um aplicativo de navegação como o Waze, para monitorar em tempo real as condições do tráfego e ocorrências no trajeto, como acidentes, obras, blitze policiais e até buracos na pista. Além disso, esses aplicativos também oferecem opções de rotas alternativas.

Ainda, acessando os sites das concessionárias das rodovias, é possível saber os locais e os preços dos pedágios, onde estão os centros de atendimento ao usuário, telefones de emergência e notícias de obras e da situação do trânsito.

Como vimos, um bom planejamento da viagem faz com que ela se torne mais barata e menos demorada, contribuindo para sua saúde e diminuindo o tempo longe da família também.

Afinal, essas são duas preocupações que pegam carona na cabine de muitos “brutos”. Assim, é importante tomar alguns cuidados com o corpo e com a mente, diminuindo a saudade de casa. Siga sua leitura e veja algumas dicas de como lidar com a saúde e a família nas estradas!

Saúde e família

Saúde e família são coisas que andam juntas. Um caminhoneiro saudável chega mais feliz e aproveita melhor sua família, da mesma forma que um profissional com uma ligação forte com seus entes queridos se cuida mais e adoece menos.

Então, como cuidar da saúde e como lidar com a distância na relação com a família? Vamos ver algumas dicas para ambos os casos, começando com a saúde do caminhoneiro:

Dicas para cuidar da saúde

Problemas de saúde podem comprometer a qualidade de vida do caminhoneiro, dificultar seu trabalho e até afastá-lo do serviço por tempo indeterminado. Portanto, o melhor é se cuidar. Veja como:

Faça alongamentos

Os alongamentos ativam a circulação, relaxam a musculatura e servem para eliminar os efeitos do estresse, do cansaço e da fadiga por movimentos repetitivos. Portanto, aproveite para alongar-se a cada parada realizada.

Dê atenção à postura

É importante encontrar uma posição confortável de direção, em que braços e pernas fiquem semiflexionados e alcancem volante e pedais e a visão da pista e dos retrovisores seja total. Assim, a direção fica mais suave, exigindo menos esforço do corpo como um todo.

Faça checapes periódicos

Pelo menos duas vezes ao ano, faça um checape completo com seu médico, conferindo colesterol, nível glicêmico e de vitaminas, pressão e o que mais for necessário. Prevenir é sempre melhor.

Descanse e durma bem

Uma boa saúde começa com uma boa noite de sono. Dormir bem faz com que o corpo trabalhe melhor e fortalece o sistema imunológico. Além disso, o descanso é essencial para manter-se alerta na estrada e diminuir o estresse e a ansiedade.

Cuide da alimentação

Uma boa alimentação não só oferece tudo aquilo de que nosso corpo precisa para se manter saudável, como também evita o que é nocivo. Assim, procure fazer alimentações balanceadas, incluindo legumes, saladas, frutas e verduras e deixando de lado açúcar e frituras.

Como lidar com a distância da família

A saudade do cônjuge, dos filhos e outros entes queridos pode ser um fator de tristeza para o caminhoneiro e pode até levar à depressão. Assim, veja algumas dicas para lidar melhor com a distância:

Ligue sempre que puder

A cada parada, não custa tirar uns minutos para matar a saudade, ouvindo a voz das pessoas amadas e participando de seu dia a dia. Aproveite para contar as curiosidades de suas viagens. Isso vai reforçar os laços entre vocês.

Utilize a tecnologia

Hoje em dia, é possível fazer videochamadas praticamente de qualquer lugar pelo celular. Além disso, manter o contato por mensagens de texto também é uma forma prática e rápida de estar presente.

Leve presentes e lembranças

A cada cidade nova ou parada em lugar curioso, compre um presente pensando em alguém especial e tire fotos do local para depois contar sua história. Essa é uma ótima maneira de manter o pensamento na família e reforçar os relacionamentos.

Estejam juntos nas datas importantes

Faça um esforço para estar presente nas datas importantes como aniversários, Natal e ano-novo, mas também em uma apresentação de teatro dos filhos, um jogo importante, uma colação de grau ou mesmo reunião de pais na escola.

Faça planos em família

Tenha objetivos familiares para seu trabalho, como viagens, a compra de novos eletrodomésticos para a casa, uma casa nova ou um carro melhor. Assim, todos sentirão que a distância será compensada.

Mas mesmo cuidando da saúde e tomando todas as precauções, imprevistos podem acontecer. Afinal, nunca se sabe quais são os percalços que o esperam nos quilômetros à frente. Como lidar, então, com os imprevistos do cotidiano de um caminhoneiro? Falaremos sobre isso no próximo tópico. Confira!

Imprevistos: como lidar?

Mesmo com planejamento, o dia a dia na estrada é sempre imprevisível. Muita coisa pode acontecer, desde problemas no caminhão, com a saúde e dificuldades no trajeto, como baixa visibilidade, desvios, animais na pista, entre outros.

Assim, todo caminhoneiro precisa estar preparado para lidar com os imprevistos e contornar a situação da melhor forma possível. Por isso, listamos algumas dicas que podem livrar você de uma situação difícil. Confira:

Previna-se

O melhor é sempre se prevenir ao máximo, utilizando nossas dicas para planejar bem a viagem, cuidar da saúde e da manutenção do caminhão, o que evitará muitos problemas, como já mostramos.

Tenha em mãos o necessário

É sempre bom ter, além dos itens obrigatórios, como macaco hidráulico, chave de roda e triângulo, um kit completo de ferramentas e um estojo de primeiros socorros.

Saiba os telefones de emergência

Consulte no site da concessionária da rodovia, ou mesmo em placas ao longo do trajeto, o telefone da assistência ao usuário. Além disso, é sempre bom ter à mão os números da Polícia Rodoviária Federal, dos Bombeiros e da Polícia Militar.

Conte com uma proteção veicular

E para um amparo mais completo, é bom contar com a cobertura de uma proteção veicular especializada em caminhões, que cubra roubos e reparos no veículo e ofereça diversos serviços de assistência na estrada.

Quer saber mais sobre os serviços de auxílio ao caminhoneiro que uma proteção veicular pode trazer para você? Então não deixe de ler o próximo tópico!

Pequenas ajudas do dia a dia

Caminhoneiros dependem da tranquilidade para realizarem seus serviços de maneira satisfatória e com eficiência e para terem mais tempo com a família e melhor qualidade de vida.

Por isso, é sempre bom poder contar com pequenas ajudas no dia a dia de serviços especializados no ramo de transporte de cargas. Veja, abaixo, alguns exemplos do que uma proteção veicular oferece:

Atendimento 24 horas

Imprevistos não têm hora para acontecer. Por isso, o serviço de atendimento da proteção veicular funciona 24 horas, sete dias por semana, para que o caminhoneiro possa solicitar qualquer serviço de maneira rápida e sem burocracia.

Guincho

A proteção veicular oferece serviço de guincho 24 horas para a remoção do caminhão impossibilitado de seguir sua viagem, levando-o até uma oficina de confiança para realizar os reparos necessários.

Assistência emergencial

Se for possível efetuar um reparo de emergência (como troca de pneus, recarga de bateria, troca de velas) no local da parada, um profissional será enviado para dar a assistência ao caminhoneiro.

Destombamento

A proteção veicular para caminhões oferece, também, serviço especializado de destombamento para uma rápida remoção do veículo.

Cobertura total

Também é importante contar com uma proteção para o patrimônio do caminhoneiro, tanto ao veículo quanto à carga, cobrindo as despesas em casos de roubo, furtos ou acidentes.

Como vimos, o dia a dia do caminhoneiro é cheio de imprevistos e perigos, apesar de ser uma profissão importantíssima para o país. Por isso, os profissionais precisam tomar diversos cuidados e contar com o auxílio de uma proteção veicular para manter sua saúde e retornar bem para sua família.

Esperamos que nossas dicas ajudem a deixar seu dia a dia melhor na estrada. Gostou de nosso artigo? Então que tal compartilhá-lo com os amigos nas redes sociais?