COMO EVITAR A CLONAGEM DOS DOCUMENTOS DE MOTORISTAS

2 minutos para ler

Um novo golpe vem tomando força nas estradas. O aumento de documentos clonados vem chamando a atenção, onde criminosos estão se apropriando de documentos perdidos ou roubados de motoristas, e se passando por eles, assim, conseguindo desviar cargas com facilidade. O cpf é o documento mais clonado pelas quadrilhas, já que com ele podem ter acesso aos outros dados da vítima.
Para evitar ao máximo o golpe, o motorista que perder algum documento deve registrar a perda ou furto na delegacia, e avisar à empresa que trabalha, evitando que a carga seja entregue aos criminosos.
Diante de tantos casos, listamos algumas medidas de segurança para reduzir as chances do golpe ser aplicado:
Prefira serviços de cadastros e consultas de motoristas confiáveis. Tenha a certeza que sua gerenciadora de riscos seja rigorosa quanto a pesquisa sobre o histórico do profissional;
Contrate agências ou plataformas de frete que sejam confiáveis;
Dê preferência para motoristas que você já conhece ou que já prestaram serviços para sua empresa;
Conte com gerenciadores de risco que utilizem tecnologia e tenham experiência no reconhecimento do caminhoneiro.
Mantenha-se sempre atento para que os golpes como esses não aconteçam!

Gostou das dicas? Acompanhe a Proteauto em todas as redes sociais!

Posts relacionados

Deixe um comentário