Quem trabalha com o transporte de cargas sabe muito bem como os assaltos são uma realidade constante nas estradas. O roubo de caminhão tem se tornado cada vez mais comum em diversas cidades, especialmente nas capitais e na região sudeste. Além disso, alguns veículos e mercadorias são bem mais visados pelos assaltantes do que outros. 

Isso significa que, dependendo do modelo de caminhão que você utiliza e do tipo de carga que transporta, será necessário tomar cuidados extras para não sofrer um assalto ou furto.

Para ajudar um pouco com essa tarefa, falaremos sobre os modelos e as cargas com maior índice de roubo e daremos algumas dicas para se prevenir. Acompanhe!

Modelos mais visados

Como já dissemos, o roubo de caminhão é mais frequente em certos modelos do que em outros. Alguns dos mais visados pelos assaltantes são os seguintes:

Hyundai HR

Um modelo compacto de caminhão, com baixo investimento e boa capacidade de carga. Devido ao seu tamanho, é um veículo mais fácil de conduzir — e de furtar. Além disso, também indica o transporte de cargas menores, o que pode facilitar a ação do roubo.

Ford Cargo

Entre os modelos maiores, o Ford Cargo e suas variações são alvos bem comuns para assaltantes, pois sua capacidade de carga implica em espólios maiores. Se você estiver em uma estrada vazia, fique sabendo será um alvo fácil. Por isso, o cuidado com esses veículos de porte maior é bem importante.

Mercedes Benz Axor

Um modelo bem popular para vários caminhoneiros e empresas de transporte, o que o leva a aparecer com muito mais frequência nas listas de roubos. Essa pode ser apenas uma coincidência, mas significa que esse caminhão será bem reconhecido como transportador de carga em caso de roubo.

Cargas mais visadas

Nem sempre o roubo de caminhões ocorre devido ao tipo de carga, já que muitos assaltantes não podem identificá-la antes de cometer o crime. Porém, há certas mercadorias que são mais buscadas nessas situações. Alguns dos principais exemplos são:

Eletrônicos

Tais itens têm altíssimo valor quando revendidos ilegalmente, uma vez que os preços nas lojas legalizadas são bem mais elevados. Sendo assim, muitos bandidos dão prioridade a esse tipo de produto, como as TVs, computadores, videogames, eletrodomésticos, aparelhos de som, entre outros.

Alimentícios

Alimentos também são produtos bem comuns em roubos, pois são transportados com bastante regularidade. Isso significa que muitos criminosos podem buscá-los com alguma previsibilidade. Além disso, também é o tipo de mercadoria que possui alta demanda, tanto legalmente quanto ilegalmente.

Autopeças

Outro alvo comum no roubo de caminhão, pois são produtos de alto valor que podem ser revendidos rapidamente. Caso você transporte esse tipo de carga, é provável que o contratante tenha algum método de proteção para essas mercadorias. Em alguns casos, pode ser necessário adicionar seus próprios serviços de segurança para se proteger.

Farmacêuticos

Esse tipo de mercadoria é um alvo comum, uma vez que remédios costumam ser vendidos apenas sob prescrição médica, o que aumenta seu custo. Não são tão comuns quanto os anteriores, e é mais provável que sejam pegos em um furto que em um assalto direto, o que diminui o risco para o motorista. Contudo, ainda assim é algo com o qual se preocupar.

Cigarros

Esses também são alvos comuns de roubo e furto, mas por serem mercadorias menores que podem ser facilmente distribuídas. Felizmente, também são mais fácies de esconder em diversos compartimentos, preservando, ao menos, uma parte dos produtos transportados em cada viagem.

Como se prevenir contra o roubo de caminhão

Diante de muitas das ameaças e problemas nas estradas que já citamos, é necessário tomar algumas atitudes para evitar roubos e furtos, ou ao menos minimizar os danos causados nesses eventos. Entre as práticas que você pode adotar, aqui estão alguns exemplos:

Sistema de rastreamento

Dependendo do tipo de carga que é transportada, pode ser muito valioso para o contratante poder encontrá-la, mesmo depois de ter sido roubada. Por isso, investir em um sistema de rastreamento para a mercadoria, fornecendo a localização dos produtos para empresas de segurança e para a polícia, pode aumentar consideravelmente as chances de recuperação.

Da mesma forma, você pode utilizar um sistema de localização em seu próprio caminhão, incluindo um alarme é acionado automaticamente quando o veículo se desviar da rota, a porta for aberta a força ou quando houver algum dano na carroceria. Com tais prevenções, será possível remediar rapidamente diversas situações de roubo.

Desativar sistemas de direção

Quando falamos em roubo de caminhão, é um pouco incomum pensar em alguém entrando no veículo e levando-o embora. Porém, esse tipo de furto ainda é muito possível, especialmente dentro das grandes cidades. Alguns criminosos copiam chaves sem fio, fazem ligação direta ou, em casos mais extremos, guincham o automóvel e o levam embora.

Para a maioria desses casos, é necessário que o sistema de direção do veículo esteja ligado e ativo, pois o próprio criminoso dirige o caminhão. Por isso alguns fabricantes e mecânicos configuram o automóvel para desativar completamente seu sistema de direção, incluindo acendedores de cigarro, faróis e setas, após ser desligado. Isso torna bem mais difícil uma possível invasão, realizar uma ligação direta ou usar uma chave falsa, por exemplo.

Planejamento de rotas

Por fim, uma das melhores formas de não sofrer nenhum assalto ou furto é evitar locais desprotegidos, onde a maioria dos bandidos costuma atuar. Muitas rotas comuns de carga entre cidades grandes são vigiadas e não podem ser evitadas, mas é sempre possível buscar horários quando os riscos são menores.

Além disso, é importante ter cuidado com as paradas durante o caminho. Locais sem vigilância, isolados e não reconhecidos pela maioria das empresas de transporte geralmente são mais visados para furtos de caminhão. Ao escolher sua rota, certifique-se de que haverá lugares seguros para descansar ao longo do trajeto.

Com essas informações, você já está mais preparado para se prevenir contra o roubo de caminhão durante suas viagens. Se quiser aprender mais para evitar problemas, veja nosso artigo sobre a importância do rastreamento veicular para caminhões.