Seguro de caminhão: como fazer para economizar?

9 minutos para ler

Estar com a manutenção em dia é fundamental para sua segurança e a dos outros condutores. Mesmo assim, por mais experiente e preparado que um motorista esteja, podem acontecer imprevistos que trazem grandes prejuízos, além de colocar a sua vida em risco.

Nessas situações, estar assegurado confere mais segurança para você, seu caminhão e sua carga. Mesmo sabendo disso, muitos motoristas abrem mão dessa tranquilidade a mais, seja pelos preços abusivos de algumas seguradoras ou pela falta de coberturas completas, que atendam às suas necessidades.

A boa notícia é que existem formas de economizar no valor do seguro. Se você não sabe quais são elas, acompanhe estas 7 dicas e tire as suas dúvidas de como escolher um seguro de caminhão que seja bom para você e para seu bolso!

Pesquise preços e fique atento ao que está contratando

O primeiro passo é a pesquisa de preço. Ao contrário do que alguns dizem, seguros não são todos iguais. É fundamental saber se a empresa é idônea, pegar referências, pesquisar com conhecidos e até mesmo na internet, sempre buscando sites confiáveis.

Também se lembre de ler tudo o que for assinar. Infelizmente, muitos se aproveitam da boa fé do povo para aplicar golpes. Para não ser enganado por pessoas mal intencionadas, o melhor a fazer é ficar atento e, em caso de dúvidas, perguntar a alguém que entende do assunto.

Confira se as informações escritas no contrato são realmente as que você passou — por mais que você busque uma empresa segura, erros podem acontecer. Verifique se todos os números de documentos e afins estão corretos.

Opte por uma cobertura que cubra a região em que você atua

Em geral, as seguradoras oferecem pacotes com preços variados para determinados tipos de cobertura. O ideal é que você busque por um seguro que seja completo e que atenda o maior número de sinistros.

Por vezes, na hora da contratação, optamos por uma cobertura não tão completa, pois o preço é mais favorável. Porém quando você mais precisar, seu seguro não cobrirá o dano causado ou sofrido e você terá pago por algo que não será útil. É um daqueles casos em que o barato sai caro.

Outro ponto a ficar atento é se o seguro cobre a região em que você atua. Sempre que possível planeje sua rota para evitar regiões que trazem mais risco e se mantenha atualizado em relação à cobertura do seguro para não ficar na mão.

Mantenha o seguro atualizado quanto à carga que você transporta

É importante saber que o tipo de carga que você transporta influencia no valor do seguro. Essa dica pode ajudá-lo na hora de rever a apólice e até mesmo diminuir as taxas.

Geralmente, o contrato de seguro de caminhão é de um ano. Porém, se nesse tempo você mudou o tipo de carga que transporta fique atento, pois é possível pedir um reajuste, já que algumas cargas são mais visadas do que outras.

Os eletrodomésticos são de longe os mais cobiçados, seguidos pelos produtos alimentícios, farmacêuticos e têxteis. No fim da lista aparecem as cargas de cigarro e fumo.

Pense no gerenciamento de riscos como prevenção

O gerenciamento de riscos é um agregado de ferramentas que formam medidas preventivas, com o intuito de diminuir os riscos e garantir que o produto esteja no local certo, dentro do prazo desejado e sem nenhum dano.

Esse processo tem início no momento da contratação do frete, passando pela seleção do colaborador, e só se encerra quando a carga é entregue em seu destino.

Por ser uma ferramenta de gestão, o gerenciamento de riscos abrange cada etapa da movimentação: o planejamento da rota, dos horários da viagem e dos locais para descanso. Dessa maneira, é possível usufruir de um transporte mais seguro, muitas vezes amparado pela funcionalidade das novas tecnologias.

Fique de olho no valor a ser coberto pela apólice do seguro de caminhão

Vamos imaginar, por exemplo, que você contrata um seguro por 1 ano e quando vai fechar o contrato o corretor pergunta a média de valor das cargas transportadas por você.

Você diz que o valor médio é de X, mas que às vezes transporta cargas mais caras, com um valor aproximado de Y. O corretor pode tentar te induzir a fazer o seguro baseado na média de valor das cargas mais caras, o que aumentará em muito o preço da apólice.

O que muitos não sabem — e que vai ajudá-lo a reduzir o valor do seguro — é que você pode fazer a apólice baseado no valor da carga X. Quando for transportar outras cargas, pode falar com seu corretor e pagar a diferença.

Avalie outras opções na hora da renovação

Ter sempre um bom cadastro e manter um histórico adequado junto às seguradoras pode auxiliá-lo a reduzir os custos com o seguro.

Mesmo que você troque de seguradora, seu histórico não se perde — e você pode usar a sua reputação para negociar preços e condições. Sempre pesquise as opções antes de renovar o seu seguro, pois os valores mudam muito de uma empresa para outra.

Aproveite o momento da renovação para dar aquela “choradinha” junto a seu corretor! Como o seguro é um produto, há sempre a possibilidade de negociar o valor.

Conheça opções adequadas à sua realidade

Bom, com todas essas dicas você já deve ter percebido a importância de estar assegurado. Se mesmo assim encontrar dificuldade financeira para fazer esse investimento, temos outra dica: a proteção veicular. Você conhece?

As associações de proteção veicular, ao contrário das seguradoras, não têm fins lucrativos. Tratam-se de grupos de associados que dividem mutuamente os prejuízos ocorridos nos sinistros. Por isso, os valores são bastante acessíveis!

Além do valor, a adesão é muito mais rápida e descomplicada e você está coberto imediatamente. A cobertura também é ampla, envolvendo: roubos, furtos, colisões, alagamentos, indenizações, entre outras situações.

Dicas para ajudar na proteção veicular

Se você chegou até aqui, já sabe como escolher um seguro de caminhão. No entanto, nunca é demais conhecer recursos interessantes, tanto para reduzir o valor da apólice quanto para elevar os níveis de proteção veicular e não ficar na mão quando mais precisar. Continue lendo para conferir!

Instale equipamentos de segurança

Os equipamentos de segurança são um bom recurso para evitar os furtos ou até mesmo um roubo de veículo. Felizmente, com o avançar dos anos, muitos novos mecanismos foram sendo produzidos e disponibilizados, fazendo com que o motorista prudente possa escolher as opções em melhor sintonia com as suas necessidades.

Aliás, se o seguro for voltado para o transporte de cargas, as próprias seguradoras podem recomendar a instalação de rastreadores, por exemplo. É um dispositivo capaz de reduzir o valor da contratação, uma vez que facilita a recuperação do bem em caso de sinistro. Para os mais tradicionalistas, uma bela trava de volante já pode ajudar.

Contrate uma escolta armada

Você transporta cargas de alto valor de mercado e que são muito visadas por meliantes na atualidade? Então, a contratação de uma escolta armada pode ajudar muito na proteção veicular. Infelizmente, o Brasil ainda enfrenta sérios problemas com a criminalidade na maioria das suas cidades e esse tipo de serviço deve ser acionado eventualmente.

Além disso, como as escoltas armadas tendem a evitar a grande maioria dos sinistros, isso impacta positivamente no valor do seguro, se assim você negociar com a prestadora do serviço. Por incrível que pareça, em muitos casos a contratação da escolta não é tão cara, apresentando um excelente custo-benefício.

Escolha apenas coberturas necessárias

Essa é uma dica básica para quem pretende contratar um seguro, até mesmo porque pode reduzir o valor da apólice e fazer com que você não hesite em assinar o seu contrato o quanto antes.

Sendo assim, procure analisar a sua realidade e ver se é possível ser um pouco menos abrangente, para reduzir seus custos. Na maioria das vezes, os seguros são bem personalizáveis. Quem circula em áreas perigosas, por exemplo, não pode abrir mão de estar segurado contra roubos e furtos, inclusive das cargas.

Instale um bloqueador no veículo

A tecnologia pode ser essencial na proteção veicular, já que dispõe de alguns recursos excepcionais para quem procura por um pouco mais de segurança.

Acima, citamos que os rastreadores são muito bem-vistos pelas seguradoras, pois têm a capacidade de contribuir para a recuperação tanto do veículo quanto das cargas. Coisa semelhante ocorre com um bloqueador.

Como o próprio nome já diz, trata-se de um dispositivo que interrompe o funcionamento do veículo imediatamente, podendo ser ativado de forma remota, em caso de roubos e furtos.

Outra vantagem desse equipamento é o seu custo baixo, que fica ainda menor quanto adquirido junto ao rastreador. É uma associação bastante vantajosa.

Como você pôde ver, o seguro de caminhão é um recurso extremamente necessário nos dias de hoje e, com os devidos cuidados, pode ser feito por valores bem interessantes, oferecendo um excelente custo-benefício para o motorista profissional ou empresas de transporte.

Gostou dessas dicas? Quer saber mais sobre cuidados com seu caminhão? Então nos acompanhe nas redes sociais, seguindo nossos perfis no Facebook e no Instagram!

Posts relacionados

Deixe um comentário