Os principais cuidados que você deve ter com o eixo cardã

6 minutos para ler

A realização da manutenção adequada é imprescindível para a durabilidade e a segurança de qualquer veículo automotivo, especialmente para quem vive na estrada e depende disso para o seu próprio sustento. No entanto, muitas pessoas não fazem isso. Diante dessa realidade, conhecer os principais cuidados que você deve ter com o eixo cardã pode ser essencial.

Vale ressaltar que ele é um item fundamental para o eixo de transmissão do caminhão, cuja vida útil pode ser bastante longa desde que sejam tomados os devidos cuidados, sobretudo na sua lubrificação e no seu transporte, quando necessário. Quer aprender mais sobre o assunto? Então, continue a leitura!

Afinal, o que é o eixo cardã?

Mesmo algumas pessoas mais familiarizadas com o universo automotor podem não saber ao certo o que é o eixo cardã. Na realidade, trata-se de uma peça constituída por dois eixos tubulares, sendo que um deles está relacionado com o eixo de tração, enquanto o outro fica centrado na fonte motriz do sistema.

Além disso, o eixo cardã conta com diversos outros componentes, dentre os quais os mais conhecidos são cruzetas, ponteiras, rolamentos, luvas, flanges, terminais yoke e assim por diante. Ele pode ser encontrado, na maioria das vezes, em veículos com motorização dianteira e tração traseira, além de caminhões, ônibus, carros 4 x 4, motorhomes etc.

Para que serve o eixo cardã?

O caminhoneiro antenado deve entender para que serve o eixo cardã. É uma peça que está relacionada com variações de ângulo que distribuem o peso do veículo de forma mais igual, garantindo um deslocamento estável. Não é difícil compreender que ele é altamente relevante, portanto, para caminhões de carga, carretas e ônibus, por exemplo.

Em outras palavras, o seu papel é transmitir a energia gerada pelo motor para o eixo diferencial e, a partir daí, para as rodas, garantindo uma melhor condição de dirigibilidade. Até por conta disso, também são empregados na área industrial, na qual visam compensar o desalinhamento em equipamentos e maquinários.

Como cuidar do eixo cardã?

Você já pôde perceber que o eixo cardã tem um papel preponderante em veículos de grande porte, especialmente os de tração dianteira. Por isso, sua manutenção é crucial para garantir a estabilidade no volante e a máxima eficiência na força gerada pelo motor. Confira, a seguir, algumas dicas para isso!

Capriche na manutenção periódica

Você já deve ter ouvido falar bastante na importância da manutenção periódica. Trata-se de um senso comum no universo automotivo, mas o fato é que, mesmo assim, muitos motoristas profissionais acabam sonegando esse aspecto e, com isso, ficam mais propensos a uma série de problemas como panes mecânicas e até mesmo acidentes.

Nesse sentido, se quer saber como cuidar do eixo cardã, você precisa focar nesse ponto, que consistirá não apenas na lubrificação dos componentes, como também na verificação do torque nos apertos dos parafusos e eventuais folgas, vazamentos e trincas nas soldas do conjunto. Siga o intervalo recomendado pelo fabricante e pelo seu mecânico de confiança.

Esteja atento aos sinais do conjunto

Quando você realiza a manutenção de forma adequada periodicamente, suas chances de sofrer com algum problema no eixo cardã diminuem bastante. No entanto, isso não quer dizer que você não deva permanecer de olhos e ouvidos atentos, observando todos os sinais que porventura vierem do conjunto.

Na maioria das vezes, quando há alguma questão na peça, isso se reflete em forma de vibrações ou ruídos durante o deslocamento, muitos dos quais podem ser percebidos até mesmo no interior do caminhão. Isso pode significar que é a hora de uma nova revisão técnica ou de fazer um balanceamento corretor no veículo.

Observe o intervalo da troca da graxa

Outro ponto a que vale a pena estar atento quanto ao eixo cardã é no que diz respeito ao intervalo de troca da graxa. Isso é crucial, pois o sistema sem a lubrificação adequada fica muito mais propenso a quebras e panes. A maioria dos fabricantes recomenda que isso seja feito a cada vinte mil quilômetros rodados ou dois meses, o que ocorrer primeiro.

Quem pega muitas estradas ou enfrenta condições adversas nos trajetos deve antecipar esse momento, especialmente se faz muitas trocas de marcha e roda a baixas velocidades, sendo a manutenção mensal ou a cada dez mil quilômetros as mais indicadas. Lembre-se de que isso aumentará bastante a vida útil dos componentes.

Como saber se o eixo cardã precisa de reparos?

Como dissemos, mesmo que você realize a manutenção preventiva e periódica adequadamente, é sempre importante estar atento quanto aos sinais que o veículo emite durante o uso. Por isso, separamos algumas situações que ajudam a saber que o eixo cardã precisa de reparos. Veja!

Presença de ruídos

Um dos principais sinais de que o eixo cardã precisa de reparos ocorre quando você escuta ruídos estranhos no interior do seu caminhão. Esse pode ser um indicativo da presença de folgas nos componentes, podendo exigir uma nova revisão técnica. Lembre-se de que existem riscos maiores, como o comprometimento de outras partes do veículo.

Vibração excessiva

Outro dos principais sinais de que o eixo cardã precisa de reparos é quando há um excesso de vibrações oriundos da peça, embora ela seja muito resistente. Isso pode indicar desgaste ou a necessidade de um novo balanceamento ou alinhamento. Por isso, o ideal é levar o veículo para fazer uma revisão e, se necessário, uma troca.

Percepção de folgas

A percepção de folgas é sempre um mau sinal em um veículo, independentemente da experiência ou do estilo de direção do condutor. Além disso, pode ser um outro sinal de que o seu eixo cardã está precisando de uma manutenção. Isso pode ocorrer, por exemplo, por circular em rodovias em condições severas, falta de lubrificação ou instalação errada.

Como você pôde ver, é essencial adotar alguns cuidados com o eixo cardã. Não tente economizar e postergar a manutenção, pois isso pode custar muito mais caro no caso de uma quebra ou acidente.

Agora você já sabe quais os principais cuidados que deve ter com o eixo cardã. Quer conferir mais posts como este? Então, siga nosso perfil no Facebook!

Posts relacionados

Deixe um comentário