Veja as vantagens e desvantagens do pedal de acelerador eletrônico!

6 minutos para ler

A tecnologia vem se fazendo cada vez mais presente no setor automotivo, tornando nossos veículos muito mais seguros e eficientes no cumprimento de suas tarefas. No mercado, isso pode ser observado de forma recorrente e, pensando nisso, preparamos um post mostrando quais são as vantagens e desvantagens do pedal de acelerador eletrônico!

Essa pode ser a alternativa perfeita para quem busca por uma resposta ágil, melhor controle nas acelerações e até mesmo mais economia de combustível, mas também é preciso considerar implicações nas despesas com manutenção, nos cuidados e, obviamente, no preço. Continue lendo o conteúdo e aprenda mais sobre o tema!

Afinal, o que é um acelerador eletrônico?

Um acelerador eletrônico, que também é chamado de drive by wire na língua inglesa, nada mais é do que um sistema de controle digital que capta os movimentos de aceleração do pedal por meio de um dispositivo chamado potenciômetro, que transmite para uma central eletrônica que está situada no próprio motor.

Com isso, vai sendo feita uma leitura minuciosa, conforme o condutor pressiona ou retira o pé, bem como de outros sinais que o veículo emite, como temperatura, rotação e velocidade. A ideia é substituir o antigo cabo de acelerador, que é um componente com elevado índice de desgaste e que poderia ocasionar uma pane nos momentos mais inadequados.

Como funciona o acelerador eletrônico?

Logicamente, um acelerador eletrônico funciona de maneira diferente do modelo convencional. Como dissemos, o modelo antigo usava um cabo, que é uma peça de desgaste e que pode trazer problemas. Por isso, foi desenvolvido esse novo sistema, primordialmente criado para os velozes carros de corrida da Fórmula 1.

Depois, a tecnologia começou a ganhar as ruas, sobretudo pela eficiência e maior conforto que proporciona. Aqui, as borboletas são abertas eletronicamente pela central de injeção, controlando as marchas rápidas e lentas de forma mais adequada. Eventualmente, o tempo de resposta pode ser levemente mais lento, mas nada que seja perceptível pelos condutores.

Quais as características do acelerador eletrônico?

A primeira e mais marcante característica do acelerador eletrônico você já pôde perceber: a tecnologia! Como vem ocorrendo no setor automotivo de todo o planeta, os carros e demais veículos estão agregando diversos recursos em sua composição, se transformando em equipamentos mais interessantes e eficazes para a sociedade.

Por isso, enquanto o acelerador comum conta com um pedal que puxa um cabo, o eletrônico faz a conexão com o corpo de borboletas por meio de fiação elétrica e uma central de injeção eletrônica. O potenciômetro é outro recurso de ponta, que identifica a posição do acelerador e outras informações, enviando os sinais para os devidos ajustes no veículo.

Qual é a função do pedal do acelerador eletrônico?

Algumas pessoas podem achar que o novo sistema muda a função do pedal, mas ela segue sendo absolutamente a mesma nos carros, caminhões ou qualquer veículo que utilize a tecnologia. Conforme a pressão aplicada, o motorista indica para o potenciômetro se quer acelerar ou desacelerar, bem como a velocidade com que deseja que isso ocorra.

Dessa maneira, quanto mais pressão, maior acaba sendo a aceleração, e quanto menos tensão, mais lento você ficará na pista. Com a evolução do uso, as configurações vão sendo desenvolvidas de maneira a aprimorar o tempo de resposta aos comandos, se tornando uma excelente opção para os motoristas que anseiam mais conforto na condução.

Quais as vantagens do acelerador eletrônico?

Agora, vamos falar de algumas das maiores vantagens do acelerador eletrônico. Uma das mais notáveis está relacionada ao melhor controle da aceleração, uma vez que o sistema evita acelerar fundo quando o motor está em baixa rotação, sem a redução de marcha. Outro ponto é que proporciona um melhor desempenho, inclusive nas retomadas.

Para os motoristas que pegam vias tortuosas ou o caminhoneiro que tem trajetos complexos, um benefício importante está na diminuição dos trancos, pois há o alívio da potência nas trocas de marchas. Em tempos de sustentabilidade, também é bom saber que há reduções no consumo de combustível e nas emissões de poluentes, pelo maior controle do ar admitido.

Quais as desvantagens do acelerador eletrônico?

Como em quase tudo, o acelerador eletrônico também conta com desvantagens, que devem ser consideradas antes da aquisição de veículos que contem com a tecnologia. Se você precisa economizar muito em curto prazo, por exemplo, ele pode não ser a melhor escolha, uma vez que costuma encarecer o valor de compra nos modelos em que se faz presente.

Além disso, a manutenção periódica se torna ainda mais imprescindível e, em caso de danos aos componentes, não é nada recomendável utilizar peças que não sejam específicas para o sistema. É essencial contar com os serviços de profissionais certificados e especializados, que poderão fazer os reparos necessários de forma segura e eficaz.

Quais os cuidados com o acelerador eletrônico?

Você verificou seu orçamento e decidiu investir em um acelerador eletrônico? Pois tenha a certeza de que essa pode ser uma ótima opção, desde que você tome alguns cuidados básicos. Um deles, como dissemos acima, está relacionado com a realização da manutenção adequada do sistema, que deve ser feita de acordo com a orientação do fabricante.

Nas revisões, os componentes deverão ser limpos, de maneira que o acúmulo de sujeira e óleo seja evitado e não cause problemas, sobretudo em marchas mais lentas. Caso você ainda tenha dúvidas ou queria aumentar os seus conhecimentos sobre o tema, é sempre interessante consultar o manual de proprietário do seu veículo.

Como você pôde ver, aprender quais são as vantagens e desvantagens do pedal de acelerador eletrônico pode ser muito importante para tomar a decisão mais adequada na hora de comprar um veículo que conte com novas tecnologias. No entanto, se a sua prioridade for a de ter mais conforto na direção, tenha a certeza de que é uma excelente alternativa.

Gostou de aprender quais são as vantagens e desvantagens do pedal de acelerador eletrônico? Quer conferir mais posts como este e aumentar os seus conhecimentos sobre o setor automotivo? Então, siga nosso perfil no Facebook e boas leituras!

Posts relacionados

Deixe um comentário