Troca de peças do caminhão: por que isso é importante?

6 minutos para ler

Fazer a manutenção periódica do caminhão é importante para que a segurança dos ocupantes do veículo e de terceiros seja garantida. Além disso, manter o caminhão em bom estado contribui para que ele esteja sempre preparado para as viagens e para a redução de gastos.

Por isso, por mais que possa parecer custoso e burocrático, nunca deixe a manutenção preventiva para depois, pois os problemas nunca chegam com hora marcada. 

Achar que está economizando com prevenção é sempre perigoso e o barato pode sair muito caro. Um caminhão é um veículo formado por vários sistemas, peças e componentes, feitos de materiais diferentes, com vida útil diferente e que sofrem impactos diferentes. Para manter a sintonia desse conjunto, é importante manter o monitoramento, a manutenção preventiva e corretiva.

Para ajudar nessa missão, neste post apresentamos um pequeno guia sobre as peças que demandam troca no caminhão e as melhores práticas. Confira!

Por que é importante fazer manutenções periódicas?

As revisões periódicas em caminhões precisam ser mais criteriosas do que as realizadas em veículos de passeio, afinal, estamos falando de uma máquina que apresenta um sistema bastante complexo, que carrega muito peso e que enfrenta condições extremas nas estradas brasileiras. 

São veículos projetados para manter a estabilidade, mesmo rodando muitos quilômetros e carregando cargas dos mais diversos tipos. Por isso, é essencial levar em conta alguns fatores que ressaltam a importância das manutenções periódicas.

Seja proativo

Um grande erro que alguns proprietários de veículos cometem é o de esperar uma peça quebrar para fazer a substituição. Como cada peça do caminhão tem uma validade e os sistemas são formados por muitas peças diferentes, a não substituição no tempo correto pode fazer com que uma peça ruim danifique as demais. 

Nesse cenário, a manutenção preventiva ganha destaque por ser mais barata e mais segura do que a corretiva — que também tem o seu valor, mas que não pode ser utilizada como padrão.

Considere as condições das estradas

Se levarmos em conta que, infelizmente, as condições das estradas brasileiras não são das melhores, a necessidade de revisões periódicas se torna ainda mais latente. A cada viagem, o caminhão passa por situações distintas, que causam irregularidades e desgastam as peças, fazendo com que muitas se quebrem antes mesmo do seu período de vida útil.

Essa falta de infraestrutura e seus desdobramentos são mais um sinal de que o acompanhamento recorrente é ideal para evitar panes mecânicas e acidentes nas estradas.

Quais são as peças que precisam de uma atenção maior?

Como falamos na introdução, o caminhão é formado por inúmeras peças, mas existem alguns conjuntos que são vitais para o funcionamento e a segurança do veículo.

Por isso, na hora de fazer a revisão e as manutenções, mantenha uma atenção especial a essas peças e sempre substitua por outras de qualidade, de preferência originais.

Veja abaixo quais são as peças que você precisará substituir antes que se torne um problema maior.

Sistema de freios

Uma das peças mais importante para a segurança dos caminhoneiros durante as viagens, os freios devem ser sempre um grande ponto de atenção. Como estamos falando de um veículo pesado, garantir que os freios estão em pleno funcionamento é de suma importância, caso contrário os riscos de acidentes graves se intensificam.

Sendo assim, sempre que notar alguma falha ou identificar uma anomalia, faça a troca de todo o conjunto de freios antes de partir para a viagem. Assim, você estará resguardando a sua segurança e a de outros.

Kit de embreagem

Outra peça que costuma apresentar problemas devido ao peso carregado pelos caminhões é a embreagem. Isso acontece porque estamos falando de uma peça que funciona com atrito, ou seja, sofre um desgaste ainda maior.

A junção de peso elevado e o atrito causado pelas trocas faz com que vários componentes que formam o sistema de embreagem tenham problemas, demandando a troca completa do conjunto.

Pneus

Diferentemente de outras peças, que ficam escondidas e que têm os seus problemas identificados quando começam a dar sinais, os pneus são visíveis e o monitoramento de seu estado é facilitado. Os pneus de caminhões se desgastam mais rapidamente do que os de automóveis de passeio, devido à quantidade de peso e a alta rodagem. 

Mantenha uma observação periódica de todos os pneus do caminhão para evitar acidentes que possam prejudicar o motorista do caminhão e os demais ocupantes da via. Não foque nos custos da troca dos pneus dos caminhões, encare como um investimento em segurança e para a qualidade do próprio veículo, que é a sua fonte de renda.

Sistema de iluminação

As luzes e faróis são outros itens de grande importância para a segurança nas estradas, que não dispõem, em sua maioria, de iluminação própria. Não podemos esquecer que o mau funcionamento dos faróis pode gerar multas por descumprimento das leis de trânsito.

Por isso, faça manutenções preventivas e observe o funcionamento das luzes. Outro ponto importante a ser observado é se os filamentos das lâmpadas estão OK ou se precisam ser trocados. 

Um ponto importante a ser ressaltado é que os problemas nas luzes do veículo podem ser um sintoma de problemas em outras peças, como a bateria. Preste sempre atenção a qualquer instabilidade nas luzes e revise para evitar grandes surpresas nas estradas.

Suspensão

A suspensão do caminhão é uma das peças mais exigidas durante o seu ciclo de vida, pois é ela quem suporta todo o peso do veículo. É outra peça que precisa ser monitorada de forma constante, pois o menor dos problemas pode resultar em grandes acidentes. 

Faça manutenções periódicas nos amortecedores e demais componentes que formam o sistema de suspensão do caminhão e garanta que toda a carga de peso do veículo seja bem suportada.

Esperamos que, após a leitura deste post, você tenha entendido a necessidade da troca de peças do caminhão. A prevenção é sempre a melhor arma para quem busca segurança e eficiência, afinal, um caminhão rodando bem gera mais receita, ou seja, a manutenção deve ser encarada sempre com um investimento vantajoso.

Gostou do post? Então, assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as nossas novidades.

Posts relacionados

Deixe um comentário