Proteção para caminhoneiro: como escolher a sua

9 minutos para ler

Todo motorista de caminhão sabe que o trabalho diário na estrada, apesar de ser prazeroso, envolve também muitos riscos. Por isso, há tanta preocupação em alternativas de proteção para caminhoneiros.

É preciso estar atento aos vários fatores que interferem diretamente na segurança do caminhoneiro, para evitar surpresas desagradáveis. Afinal, do ponto de partida até a entrega da carga, trafega-se frequentemente por estradas com curvas perigosas e pouca manutenção.

Além disso, são muitos os perigos de avarias do próprio caminhão, além dos inconvenientes causados pelos altos índices de roubo de cargas em nosso país.

Quer saber como se proteger da maneira correta? Então continue a leitura deste post e confira as dicas de proteção para caminhoneiro que separamos para você!

Planeje e conheça bem a sua rota

Antes de pegar a estrada, uma dica essencial para a segurança da viagem é o planejamento cuidadoso de todas as suas etapas. Analise a melhor rota, considerando aspectos como a distância e as condições da pista. Aplicativos e ferramentas como o GPS podem oferecer informações relevantes sobre esse aspecto.

Verifique se a estrada possui bons pontos de parada, postos de gasolina e fiscalização da polícia rodoviária. Ter todos esses dados é importante para a solução rápida no caso de algum imprevisto.

Além disso, fazer a programação ajuda a economizar tempo e garante um percurso seguro e protegido durante a viagem. Você estará preparado para escolher paradas para abastecimento, alimentação e descanso.

Não se esqueça de pesquisar sobre as restrições legais e os horários permitidos para carga e descarga. Verifique também os seus documentos e os do caminhão.

Prefira rotas já conhecidas

Por mais que as rotas desconhecidas pareçam boas oportunidades, elas podem guardar surpresas desagradáveis. Aventurar-se por um caminho que você não domina e que provavelmente é menos movimentado é um tanto quanto arriscado.

Há grandes chances de haver imprevistos por lá (algo que limite a altura do caminhão, por exemplo), estradas em más condições ou mais chances de roubo de carga.

Mesmo parecendo uma ideia tentadora, sobretudo quando se está com pressa para chegar ao destino, é melhor não seguir por uma via alternativa que você não conhece. Prefira pesquisar com outros colegas antecipadamente e obter informações seguras a respeito.

Faça a manutenção do seu veículo

Antes de toda viagem, você deve fazer uma checagem dos componentes do seu caminhão. Assim, verifique cuidadosamente as condições da parte elétrica para ver se as luzes estão funcionando de maneira adequada.

Cheque o estado de conservação dos pneus, não se esquecendo de calibrar também os estepes. Além disso, examine os freios, a água e a parte mecânica de uma maneira geral. Essa prevenção é importante, pois reduz os riscos de falhas durante a viagem, evitando que você pare em locais ermos e desprotegidos.

Proteja bem a sua carga

Trafegar com a carga de maneira segura e entregá-la como previsto é um aspecto primordial na vida de qualquer caminhoneiro. Por isso, escolha a melhor forma de armazená-la, repartindo o peso de maneira homogênea nos eixos do seu veículo. A acomodação desproporcional pode trazer vários riscos, como tombamento em curvas muito fechadas.

Ainda, fique atento para respeitar os limites de peso das rodovias e tenha em mãos toda a documentação, para não enfrentar nenhum problema com a fiscalização.

Escolha uma boa lona ou tela para proteger seu carregamento. Lembre-se de que a proteção deve cobrir toda a extensão do veículo, evitando assim problemas de derramamentos na estrada, o que pode causar prejuízos e acidentes.

Escolha bem o combustível

Outro ponto a que você deve estar atento é a qualidade do combustível. Evite abastecer em postos desconhecidos e desconfie sempre de ofertas muito baratas. A adulteração, infelizmente, é ainda bastante comum em nossas estradas e impacta diretamente na vida útil do seu veículo.

Quando encontrar um bom posto, aproveite para encher o tanque. O ideal é que isso seja feito no começo da rota. Essa atitude simples evita paradas desnecessárias que atrasam, e muito, a sua viagem.

Não se esqueça da proteção para caminhoneiro: o principal

Quando pensamos em segurança na estrada, facilmente nos esquecemos do componente mais importante de todos: o próprio motorista! Por isso, tão necessária quanto a manutenção do caminhão é a verificação periódica do estado de saúde de quem vai na boleia.

Nesse ponto, é preciso evitar jornadas exaustivas sem pausa para descanso físico e mental. A qualidade das condições de trabalho interfere diretamente na saúde dos condutores.

Consulte o médico regularmente e faça exames periódicos. Aqui, a prevenção também é palavra-chave. Ao investir na sua saúde, você evita problemas graves — como doenças —, que podem impactar o seu presente e interferir no seu futuro.

Respeite as leis e tenha cuidado com a informação

Durante seu percurso, respeite todas as sinalizações e as leis de trânsito. Dirija sempre dentro dos limites de velocidade estabelecidos e nunca trafegue pelo acostamento.

Além disso, tenha muito cuidado ao conversar com pessoas estranhas. Nunca dê carona a desconhecidos e, durante as paradas, evite comentar sobre a sua rota ou sobre a carga que está transportando. Criminosos se utilizam dessas informações para planejar suas ações.

Adote cuidados simples no dia a dia

Dicas aparentemente bobas podem ajudar você a ter mais segurança. Por exemplo, não deixe seu veículo aberto e, muito menos, com a chave no contato. Ande sempre com documentos de valor junto ao corpo, sempre estacione o caminhão em áreas movimentadas e bem iluminadas e, se possível, com seguranças particulares.

Na hora do descanso, procure postos de gasolina confiáveis e que tenham locais apropriados para essa finalidade. Nunca durma em locais ermos ou em acostamentos.

Evite fazer paradas na estrada

Em momentos de sufoco (inclusive os mais humanos, como uma vontade súbita de ir ao banheiro), é muito tentador encostar o caminhão ao lado da estrada, em vez de chegar ao posto de combustível mais próximo.

No entanto, essa ideia é extremamente arriscada e desaconselhável, porque coloca não somente sua vida em perigo, mas aumenta consideravelmente o risco de acidentes, comprometendo a vida de outras pessoas. Além do mais, também amplia as chances de assaltos ou de roubos de carga.

É complicado lidar com situações emergenciais, mas o melhor a fazer é planejar a viagem e aproveitar as paradas existentes da melhor forma possível.

Não use seu celular ao volante

A solidão da estrada pode tornar atrativo o uso do celular, tanto para conversar com a família, amigos e colegas de profissão, quanto para assistir programas durante uma longa viagem. Mas, além de ser ilegal, esse é um descuido muito grave.

Dirigir um veículo tão pesado e complexo quanto um caminhão requer sua atenção total. E interagir por meio do celular — seja para conversar, assistir vídeos, atender a uma ligação ou apenas dar uma olhada rápida das notificações —, mesmo de forma não intencional, abre espaço para distrações, que podem levar a acidentes graves com você e com outras pessoas.

Está precisando relaxar? Ouça músicas ou ligue o aplicativo de rádio, no celular mesmo. São alternativas que vão ajudá-lo a relaxar e passar o tempo sem que sua atenção e foco sejam prejudicados.

Tire alguns períodos para descansar

O cansaço acumulado é um dos maiores inimigos do caminhoneiro. Dirigir durante muito tempo todos os dias é uma característica usual na vida dos motoristas. Essa rotina puxada faz acumular fadiga e levar a doenças crônicas ou causar graves acidentes de trânsito.

Não se cobre tanto! Você é um humano, não é um robô, e precisa de descanso. Por isso, alimente-se bem, com comida saudável, e tenha por hábito fazer paradas durante o percurso para alongar o corpo e realizar alguns exercícios físicos.

Tire alguns períodos de descanso em locais seguros, seja para descansar, seja para ligar para pessoas próximas e relaxar um pouco. Assim, você evita se distrair enquanto dirige e ainda aproveita para matar a saudade, descansando a mente e o corpo da rotina puxada. Isso é essencial para afastá-lo de problemas de saúde físicos e emocionais causados pela sobrecarga de trabalho e pelo estresse emocional das longas jornadas.

Ter proteção para seu caminhão é fundamental

Além de todas essas medidas que dependem do cuidado do caminhoneiro, o profissional da estrada também deve se preocupar em ter uma proteção completa que realmente o assista e o ampare, caso seja necessário.

Isso porque, segundo dados da Federação Nacional das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), as ocorrências de roubo de carga no Brasil atingiram índices alarmantes. Elas dobraram nos últimos seis anos e acarretaram um prejuízo de quase R$ 1,4 bilhão!

Para se ter uma ideia dos riscos, estima-se que a cada 23 minutos, um caminhão seja roubado no país.

Frente a uma situação de assalto, você nunca deve reagir. Para evitar prejuízos ainda maiores, conte sempre com um seguro total, capaz de atender às suas necessidades.

Na hora de escolher a proteção, tenha em mente tudo aquilo que ela oferece: cobertura contra roubos e assistência em caso de acidentes, colisões e incêndios. Além disso, verifique se ela oferece, com rapidez e eficiência, serviços como guincho 24 horas, rastreadores e alarmes.

Como você viu, são muitos os fatores que devem ser levados em consideração para se obter uma eficaz proteção para caminhoneiro. Contar com esses recursos é indispensável para desempenhar a profissão com segurança e qualidade de vida.

E aí, gostou das nossas dicas ? Tem interesse em garantir proteção para viagens tranquilas pelas estradas brasileiras? Entre com contato agora mesmo e saiba tudo o que temos a oferecer!

Posts relacionados

Deixe um comentário